AVISO / AVIZO

Links com defeito envie mensagem para esperantocaucaia.cek@gmail.com

Ligilo kiu ne funkcios sendu mesaĝo al esperantocaucaia.cek@gmail.com



KIOM DA HOMOJ PAROLAS ESPERANTON EN LA MONDO

Quantas pessoas falam Esperanto no mundo? Não há uma estatística, mas sabe-se que a língua é falada em 120 países, pois a revista Esperanto da Associação Mundial (Universala Esperanto-Asocio) tem leitores em 120 países. Alguém assinaria uma revista só para ver as as imagens? Eu assino para me informar das atividades da língua nos cinco continentes.Para ter uma idéia de quantas pessoas falam o Esperanto, foi criada uma página. Se você fala Esperanto assine a petição e se quiser deixe um comentário, em Esperanto, é claro.

http://www.thepetitionsite.com/1/esperanto-parolantoj-en-la-mondo/



Kiom da homoj parolas Esperanton en la mondo. Ne estas statistiko, sed oni scias ke, la lingvo estas parolata en 120 landoj, ĉar la revuo Esperanto de la Universala E-Asocio estas abonata en 120 landoj. Ĉu iu abonus gazeton nur por vidi la bildojn? Mi abonas ĝin por informiĝi pli la agadoj de la lingvo en la 5 kontinentoj.

Por havigi ideon pri kiom da homoj parolas Esperanton, estis kreita paĝon. Se vi parolas Esperanton subskribu la peticion.

http://www.thepetitionsite.com/1/esperanto-parolantoj-en-la-mondo/

Mais de cem mil aprendem esperanto pela internet

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O portal Lernu.Net atingiu a marca de 100 mil internautas registrados. As cifras foram divulgadas pelo site noticioso Libera Folio. Segundo a nota, milhares de pessoas aprenderam ou estão aprendendo esperanto, por meio das lições veiculadas na página. O número de visitantes sem registro é ainda maior. Aproximadamente 170 mil pessoas acessam a cada mês. Em média, há cerca de 300 internautas conectados simultaneamente. Todo o material didático está disponível em 36 línguas, inclusive em português. Em oito anos de existência, o Lernu.Net tornou-se o maior portal de ensino esperanto do mundo.

Fabiano Henrique

0 comentários:

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB