AVISO / AVIZO

Links com defeito envie mensagem para esperantocaucaia.cek@gmail.com

Ligilo kiu ne funkcios sendu mesaĝo al esperantocaucaia.cek@gmail.com



KIOM DA HOMOJ PAROLAS ESPERANTON EN LA MONDO

Quantas pessoas falam Esperanto no mundo? Não há uma estatística, mas sabe-se que a língua é falada em 120 países, pois a revista Esperanto da Associação Mundial (Universala Esperanto-Asocio) tem leitores em 120 países. Alguém assinaria uma revista só para ver as as imagens? Eu assino para me informar das atividades da língua nos cinco continentes.Para ter uma idéia de quantas pessoas falam o Esperanto, foi criada uma página. Se você fala Esperanto assine a petição e se quiser deixe um comentário, em Esperanto, é claro.

http://www.thepetitionsite.com/1/esperanto-parolantoj-en-la-mondo/



Kiom da homoj parolas Esperanton en la mondo. Ne estas statistiko, sed oni scias ke, la lingvo estas parolata en 120 landoj, ĉar la revuo Esperanto de la Universala E-Asocio estas abonata en 120 landoj. Ĉu iu abonus gazeton nur por vidi la bildojn? Mi abonas ĝin por informiĝi pli la agadoj de la lingvo en la 5 kontinentoj.

Por havigi ideon pri kiom da homoj parolas Esperanton, estis kreita paĝon. Se vi parolas Esperanton subskribu la peticion.

http://www.thepetitionsite.com/1/esperanto-parolantoj-en-la-mondo/

Pesquisa mostra que bilinguismo ajuda na memória e na atenção

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Jen tre interesa informo.

Amike,
Roberto

Granada (Espanha) - Estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, indica que o bilinguismo ajuda na memória e na atenção. Segundo os pesquisadores, saber dois idiomas possui mais vantagens do que apenas a facilidade em comunicar-se.

Os professores Pedro Macizo Soria e Teresa Bajo Molina, da universidade, chegaram a essa conclusão por meio de experimentos realizados com pessoas bilíngues em espanhol e inglês - são consideradas bilíngues pessoas que possuem conhecimento alto de dois idiomas e os usam frequentemente.

Grupos de pessoas bilíngues realizaram uma série de provas, como nomear desenhos em diferentes idiomas e ler e traduzir frases, nas quais se mediu o tempo de resposta e a atividade cerebral. Os resultados mostraram que uma pessoa bilíngue ativa os dois idiomas de uma só vez, mesmo em situações em que é necessária apenas uma língua.

Para resolver o conflito entre os idiomas e para que a pessoa possa selecionar o apropriado para o momento, é necessária a atuação de um mecanismo que age na área pré frontal do cérebro que inibe o que não é o ideal para o contexto da situação, demonstrando que se pode ignorar uma informação interna.

Segundo os pesquisadores, o caso de um intérprete difere do resto, já que ele é obrigado a utilizar as duas línguas ao mesmo tempo em seu trabalho. O estudo aponta que intérpretes realizam alto esforço cognitivo, o que faz com que o cérebro aja de forma diferente do que o normal, dependendo da prática a que a pessoa se vê exposta.

O estudo finaliza apontando que uma pessoa bilíngue utiliza mecanismo de atenção muito mais vezes do que pessoas que não o são e são capazes de trabalhar melhor em situações de tomada de decisão e em situações de distração.
http://odia.terra.com.br/portal/cienciaesaude/html/2011/1/pesquisa_mostra_que_bilinguismo_ajuda_na_memoria_e_na_atencao_139732.html

0 comentários:

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB